CTAlmada
HOME
Produções Estrangeiras
Produções Portuguesas
Exposições
Colóquios
Actos complementares
Música

MÃOS MORTAS
de Howard Barker | TEATRO
AS BOAS RAPARIGAS
ENCENAÇÃO DE ROGÉRIO DE CARVALHO
PORTO

PRODUÇÕES PORTUGUESAS


MÃOS MORTAS
MÃOS MORTAS

MÃOS MORTAS
MÃOS MORTAS

MÃOS MORTAS
MÃOS MORTAS

Voltar atrás...


Um jovem tem conhecimento de que o seu pai está a morrer. Conduz furiosamente para o ver ainda vivo mas já não chega a tempo. A amante do pai mostra-lhe o quarto onde está o corpo e deixa-o entregue à sua dor. Mais tarde aparece o seu jovem irmão. Tinha estado presente no momento da morte mas a sua atitude é estranhamente ambígua. Parece relutante em se comprometer com o seu irmão mais velho, que imediatamente suspeita de que ele tenha conhecimento de um segredo culpabilizante.
Até que ponto é que o homem morto planeia os seus encontros? São as acções e pensamentos dos presentes parte de um esquema elaborado por ele? E quais são as intenções da amante perante os filhos?

HOWARD BARKER
As peças de Howard Barker (n. 1946) são construídas na premissa de que o teatro é uma necessidade na sociedade, um lugar para a imaginação e reflexão moral livre das exigências do realismo ou de qualquer ideologia. Barker descreve o seu trabalho com a expressão Teatro da Catástrofe. No trabalho de Barker nenhuma tentativa é feita para satisfazer qualquer exigência da clareza ou da simplicidade ilusória de uma só mensagem; cada representação é como um desafio público no qual actores e espectadores são inspirados a encontrar o significado e a ressonância de um grande número de interpretações.

Especialmente no continente europeu, Barker é considerado um dos maiores escritores do teatro moderno. Nos últimos três anos, vinte e sete dos seus trabalhos foram representados em seis línguas, em países tão diversos como o Canadá, Nova Zelândia e Eslovénia.

Intérpretes Maria do Céu Ribeiro, Miguel Eloy e Wagner Borges
Tradução Pedro Cavaleiro
Assistência de encenação Carla Miranda
Dramaturgia Rogério de Carvalho e Carla Miranda
Desenho de luz Jorge Ribeiro
Sonoplastia Luís Aly
Figurinos Ana Luena
Maquilhagem Patrícia Lima
Arranjo cenográfico e adereços Cláudia Armanda
Produção executiva Carla Moreira
Confecção de figurinos Sr. Saldanha e Ana Maria Fernandes
Arranjo de figurino Maria Fernanda Barros
Montagem e operação de luz Hugo Amaral
Montagem e operação de som Luís Aly
Construção e montagem de cenário Manuel Pereira
Construção de adereços Teatro de Ferro


19h00 Quinta 13

Língua português
Duração 1h35





BILHETEIRA

Imprimir   Imprimir