HOME
Produções Estrangeiras
Produções Portuguesas
Exposições
Colóquios
Actos complementares
Música

LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA
de Almeida Garrett em co-apresentação com o Teatro Municipal de São Luiz
TEATRO NACIONAL DE S. JOÃO
DIRECÇÃO CÉNICA DE RICARDO PAIS
PORTO

PRODUÇÕES PORTUGUESAS


LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA
LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA

LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA
LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA

LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA
LEITURA ENCENADA DE FREI LUÍS DE SOUSA

Voltar atrás...


Em 1999, no contexto do ciclo Exaltação, Simplificação e Louvor Lírico de Três Grandes Autores, promovemos uma leitura encenada de Frei Luís de Sousa em homenagem a Almeida Garrett, o re-fundador do Teatro Português, poeta, dramaturgo e homem público.

Essas quatro récitas, no horário da tarde, praticamente só para alunos do ensino secundário, confirmaram a minha ideia de que este texto – que encenei em Lisboa em 1978 e que José Wallenstein aqui encenou em 2001 - funciona bem melhor quando o ouvimos ler.

A versão de 1999 foi acompanhada por um programa informal onde coligimos alguns textos que continham algumas das mais evidentes informações sobre Garrett e Frei Luís de Sousa, bem como a sua relação com o teatro português, plasmada em alguns documentos fundadores da sua obstinada e programática batalha por uma regeneração da arte dramática, assente na criação de um repertório nacional e, fundamentalmente, na intransigência da defesa da língua portuguesa. Na primeira metade do século XIX, Almeida Garrett sublinhava, em forma de lei, a evidência de que um Teatro Nacional também se deveria constituir numa espécie de reserva ecológica da língua. Inquietações que também partilhamos, consagradas na Lei Orgânica que nos rege desde 1995, e revistas e ampliadas numa proposta enviada à tutela, no âmbito da reforma administrativa em curso, que visa transformar o TNSJ numa Entidade Pública Empresarial.
Ricardo Pais

Leitores Hugo Torres Miranda, Jorge Mota, José Eduardo Silva, Lígia Roque, Marta Santos, Paulo Freixinho, Pedro Almendra Manuel e Bernardo Sassetti ao piano
Música Bernardo Sassetti
Dispositivo cénico João Mendes Ribeiro
Figurinos Bernardo Monteiro
Luz Nuno Meira
Som Francisco Leal
Preparação vocal e elocução João Henriques


17h30 Sábado 15
17h30 Domingo 16


Língua português
Duração aproximada 1h40





BILHETEIRA