ADUNAREA PĂSĂRILOR<br/><i>A conferência dos pássaros</i>
Quando se menciona o poema filosófico A conferência dos pássaros, do persa Farid Ud-Din Attar, é difícil não invocar o célebre espectáculo que Peter Brook estreou em Paris em 1979. Para o autor de O espaço vazio, trata-se de uma obra com múltiplas facetas e níveis de leitura infinitos, que deve ser abordada “passo a passo”: “Quando nos voltamos para as impressões que temos da vida, vemos a vida – mas quando nos voltamos para o outro lado, vemos o que está por detrás dessas ilusões. É então que o mundo visível e o invisível surgem simultaneamente”. O poema iniciático A conferência dos pássaros é composto por 4647 versos e narra a história de um pássaro que se liberta de todos os obstáculos do mundo real, partindo em viagem, e que regressa como um verdadeiro rei – um governante espiritual.

Farid Ud-Din Attar nasceu em Neshpur, na Pérsia, no século XII e consta que terá vivido até aos 114 anos. É autor de O livro sagrado, A conferência dos pássaros, As memórias dos santos e, possivelmente, de muitos outros escritos tidos por apócrifos.

Cristian Pepino (n. 1950, Bucareste) formou-se em Encenação na capital romena e estreou-se no Teatro de Marionetas de Bacus em 1973. No período 1979-86 dirigiu o Teatro de Marionetas de Constanza, onde criou espectáculos que lhe valeram vários prémios. É desde 1986 o director artístico do Teatro Tandarica.
_____________________________________________

ENGLISH VERSION

The Assembly of Birds is one of the texts of the Persian author Farid Ud-Din Attar. Peter Brook made it famous in the western world, thanks to his legendary production of 1979. The Romanian director Cristian Pepino has understood in this text of 4647 verses an ode to racionality, against the violence irracionality demands.



Teatrul Tandarica

Apoio: Instituto Cultural Romeno
Co-apresentação: Teatro da Trindade