RICHARD AL III-LEA SE INTERZICE<br/><i>Ricardo III está proibido</i>
Em Ricardo III está proibido Matei Vişniec torna a ajustar contas com a ditadura de Ceauşescu, que o levou a exilar- se em França em 1987. O encenador russo Vsevolod Meyerhold (1874-1940) – o criador da biomecânica, executado pelo regime de Estaline por “actividades anti-revolucionárias e espionagem” – é o protagonista desta peça. Num espaço claustrofóbico, no qual confluem não apenas figuras históricas (Estaline, Meyerhold, e a sua esposa, Zenaida), mas também personagens de ficção (o Ricardo III de Shakespeare), o público é convidado a viver de perto o drama do célebre encenador russo, acossado pelas ratazanas da censura.

Matei Vişniec (n. 1956, Radauti) é dramaturgo, poeta e jornalista na Rádio France Internationale. Aos 31 anos instala-se em Paris. Dada a censura dos seus textos, só em 1989 se tornará num dos autores mais representados na Roménia. Este ano a Companhia de Teatro de Almada estreou em Portugal o seu texto Migrantes.

Răzvan Mureşan (n. 1975, Cluj-Napoca) tem desenvolvido o seu trabalho como encenador no Teatro Nacional de Cluj-Napoca, dirigindo espectáculos a partir de textos de Sarah Kane, Bryan Reynolds, Luca Romanov, Robert Cohen e Hervé Blutsch, entre outros.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ENGLISH VERSION


The actor, director and theatre theorist Vsevolod Meyerhold (1874-1940) was a victim of the Stalinist regime. The contemporary author Matei Vişniec (n. 1956) chooses precisely this episode to approach his own experience under the communist dictatorship in Romania. In his play, the historical figures (like Stalin, Meyerhold, and his wife Zenaida) get along with fictional characters, like the Shakespearean Richard III.



Teatrul Naţional Cluj-Napoca

Apoio: Instituto Cultural Romeno