Alunos da Emídio Navarro escrevem sobre Noite da liberdade
Os alunos do 10º ano da Escola Secundária Emídio Navarro assistiram ao espectáculo Noite da liberdade acompanhados pela professora de filosofia Isabel Santiago

As impressões sobre o espectáculo foram objectivo de uma ficha de que transcrevemos alguns excertos. Jorge Teixeira debruçou-se sobre “o radicalismo de Martim, que é levado ao extremo quando, em nome da democracia, incita a sua namorada a prostituir-se: será legítimo fazer dos outros meios para alcançarmos os nossos fins?”. Para Rodrigo Arcângelo, a propósito da personagem do vereador Ammetsburger, pergunta-se se “não seremos nós tão dogmáticos como ele, se não percebemos que a liberdade e a democracia não estão protegidas, a menos que nós as protejamos”. Lucas Piper achou que “os actores apelam ao pensamento crítico”.



in CTA 22 Fev 2017




Copyright © CTAlmada 2017 todos os direitos reservados -- website by JF