Entre a Síria, a Hungria e Portugal
Não perca a última Conversa com o público sobre a actual crise dos refugiados, no próximo Sábado, dia 13 de Maio, às 18h.

No próximo Sábado, dia 13 de Maio, decorre no foyer do TMJB aquela que será a última Conversa com o público de um ciclo de três que dedicámos à temática dos refugiados. Nesse dia teremos connosco Pedro Calado, a figura que tutela o instituto público responsável pelo desenho e pela implementação de políticas públicas na área das migrações (o Alto Comissariado para as Migrações) e que, nessa qualidade, não deixará de reflectir sobre a resposta que está a ser dada à actual crise a nível local, nacional e europeu. No próximo Sábado também estarão presentes João Couvaneiro, cuja visão sobre o problema se revela particularmente influenciada pela sua formação em História e pela sua experiência de voluntariado na Hungria, em 2015; o professor e geógrafo Jorge Malheiros, que se pronunciará sobre o impacto dos movimentos migratórios na sociedade portuguesa e sobre as dinâmicas da integração e da exclusão; e, finalmente, Nour Machlah, um estudante sírio que aceitou partilhar connosco a sua história. Deste modo, revisitamos um dos epicentros da crise (a Síria e a sua guerra civil) e confrontamos dois casos antagónicos no que diz respeito ao acolhimento de migrantes: Portugal e a Hungria. Com 1271 refugiados recolocados até ao final de Abril de 2017, o nosso País é o quinto estado-membro da União Europeia com mais acolhimentos registados. Mas por que razão cerca de um terço já tentou trocar Portugal pelo seu destino de sonho na Europa do Norte?


Ângela Pardelha
in CTA 06 Mai 2017




Copyright © CTAlmada 2017 todos os direitos reservados -- website by JF