BREVE HISTORIAL DA COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA
img
COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA
A Companhia de Teatro de Almada nasceu em 1978, quando o Grupo de Campolide (fundado em 1971 por Joaquim Benite) se instalou no teatro da Academia Almadense, aí mantendo-se até 1987 e inaugurando em 1988 o Teatro Municipal de Almada, sito no antigo mercado de abastecimento municipal, e em 2006 o novo Teatro Municipal Joaquim Benite, dito Teatro Azul: um projecto audaz dos arquitectos Manuel Graça Dias e Egas José Vieira, concebido de raiz para o funcionamento da Companhia e prossecução do seu projecto teatral, no contexto de um programa de desenvolvimento regional integrado (Rede Nacional de Teatros e Cine-teatros municipais). Com a morte de Joaquim Benite, o fundador da Companhia, esta passou a ter como Director Artístico Rodrigo Francisco, seu assistente desde 2006. Entre as características principais do trabalho desenvolvido nos últimos anos pela Companhia de Teatro de Almada, merecem referência:

  • o empenho na continuação de uma aposta sistematizada na dramaturgia nacional (princípio programático anteriormente assumido pelo fundador da Companhia, Joaquim Benite, na colaboração pioneira em Portugal, ao longo de duas décadas, com o dramaturgo-residente Virgílio Martinho), mediante a criação de espectáculos com textos de – ou a partir de – autores portugueses, clássicos e contemporâneos, amiúde em estreia no País;
  • o trabalho continuado de mobilização de públicos para o teatro e demais artes do palco, numa perspectiva de serviço público de acesso sustentado à Cultura e de fidelização de públicos de todas as gerações, através de uma programação de temporadas regulares anuais, de oferta variada e calendários rigorosamente observados, permitindo o envolvimento no longo termo das populações locais e outros públicos com as actividades levadas a cabo no Teatro Municipal Joaquim Benite, a que se acrescenta a criação do Clube de Amigos do TMJB, associação que permite aos seus membros adquirir a preços económicos cartões de acesso gratuito às criações da Companhia de Teatro de Almada, possibilitando ainda consideráveis descontos nos restantes espectáculos acolhidos;
  • a organização anual (assegurada pela Companhia de Teatro de Almada e pela Câmara Municipal de Almada) do Festival de Almada, mostra de teatro de dimensão e referência internacionais, cuja 34ª edição ocorrerá em Julho de 2017, reeditando aquele que é considerado o mais importante festival de teatro em Portugal, responsável também pela internacionalização do teatro feito por portugueses e por inúmeros acordos de cooperação entre criadores e instituições portugueses e estrangeiros;
  • a conjugação equilibrada da produção de criações próprias com o acolhimento de espectáculos propostos por outros agentes culturais nas áreas do teatro, da dança e da música;
  • um plano regular de actividades de serviço educativo;
  • o estabelecimento de acordos de cooperação com a Rede Nacional de Teatros e com outras instituições culturais nacionais, que têm especialmente favorecido a descentralização da oferta em matéria de música clássica, com espectáculos crescentemente participados pelo público do Teatro Municipal Joaquim Benite.



  • Copyright © CTAlmada 2017 todos os direitos reservados -- website by JF